Coração disparado

Olhá-la fazia seu coração acelerar. Optava por não falar-lhe nada. Queria apenas admirá-la. De tanta euforia, roubou-lhe um beijo. Ela não aceitou o roubo e tornou o beijo a própria moeda de punição. Beijo se paga com beijo, ela disse-lhe. Quando percebeu, estavam deitados na areia da praia. Era noite. Corpos despidos, colados. Seu coração disparado. Olhar de apaixonado. Sentir isso fazia valer cada segundo de vida.