Pode me ouvir?

Ei, será que daí você pode me ouvir? Preciso confessar, não sei o quanto vou aguentar. Tenho tentado fazer valer cada minuto, mas não importa o que faça, alguns deles não valem nem mesmo um grito em meio a uma multidão barulhenta. Se estivesse aqui lhe mostraria a loucura que é. Humanos correndo pra lá e pra cá pra ganharem suas vidas, dizem eles, mas no fundo me parece apenas que estão perdendo-as. E sabe né? O final é sempre o mesmo. Cansei dessa correria. Vou caminhando mesmo. Vou por vias alternativas, devagar, contemplando, parando, descansando. Não quero chegar a algum lugar, quero apenas caminhar. No momento estou de bem com essa loucura que chamam de vida. Uma hora isso acaba.